Pesquisadora do IB vai ao Rio de Janeiro para falar sobre o papel da mulher na Ciência

A pesquisadora Flávia Virginio, do Laboratório Especial de Coleções Zoológicas (LECZ), representou o Instituto Butantan em um evento de Ciência inédito no Brasil, que aconteceu no Rio de Janeiro, nos dias 20 e 21 de julho. O "Soapbox Science" reuniu cientistas de todo o Brasil que foram para as ruas cariocas falar com o público sobre o importante papel da mulher na Ciência e na Pesquisa. 

“Eu participei representando o IB e falando sobre as nossas coleções zoológicas e a importância delas para a conservação e preservação das espécies estudadas”, explicou Flávia, uma das 12 cientistas selecionadas. Dentre as áreas abordadas no evento estavam as de Microbiologia, Física, Química e Geografia.

O SoapBox Science do Brasil aconteceu em dois pontos distintos do Rio. No sábado (20), as cientistas foram até a Praça Mauá, no centro da cidade, onde está localizado o Museu do Amanhã, e no domingo (21), foram a um hipermercado na Barra da Tijuca.

“Na Praça Mauá tinha muito mais gente porque o local é mais propício, mas mesmo no estacionamento do mercado foi possível chamar a atenção das pessoas. Muitas delas pararam para ouvir o que estávamos falando, se interessaram, conversaram com a gente. Eu particularmente adorei, foi muito interessante a atividade”, ressalta Flávia.

Neste vídeo divulgado pelo canal A Ciência Explica, é possível ver as cientistas em ação e conhecer sobre a contribuição de cada uma para o debate sobre ciência em locais públicos. Dentre as analogias usadas para envolver o público leigo com a Ciência, Flávia comparou as coleções do Butantan com as de álbuns de figurinhas de futebol. “Eu expliquei ao público, por exemplo, que é como se a gente tivesse um álbum de figurinhas, que precisasse de 100 figurinhas para ser completado, só que a gente só tem 11”, disse em relação ao fato de que no mundo estima-se que exista 8 milhões de espécies, sendo 900 mil catalogadas até o momento por taxonomistas.

A pesquisadora também participou de um evento na UFRJ (Universidade Federal do Rio de Janeiro) sobre mulheres na Ciência, onde compartilhou informações sobre sua carreira científica e pesquisas que realizou.

 

O que é Soapbox Science

A Soapbox Science é uma plataforma de divulgação pública para promover mulheres cientistas e a ciência que elas desenvolvem. Os eventos transformam os espaços públicos de uma cidade em arena de aprendizagem pública e debate científico. Esta iniciativa segue o formato do Speaker's Corner, do London Hyde Park, que é historicamente uma arena para o debate público na cidade de Londres, desde 1870. Naquela época, os oradores usavam caixas de sabão feitos de madeira, as soapbox, onde subiam e se destacavam no público para que todos escutassem aquilo que estavam falando.

Para a versão brasileira, foi aberta uma chamada de inscrições e a organização do evento selecionou treze cientistas de acordo com dois critérios: a temática de sua pesquisa e a região de origem. Com as cientistas escolhidas e locais definidos, o debate científico foi às ruas, sem intermediários, sem slides do PowerPoint, nem anfiteatro.

A expectativa é que em 2020, cada participante da edição de 2019 possa encabeçar o evento na sua região. “Existe uma possibilidade disso acontecer e eu espero poder trazer para São Paulo essa iniciativa”, finaliza Flávia.

(por Carol Roque)