Butantan realiza atividade na 4ª edição da Virada da Maturidade

Aproximadamente 20 pessoas da terceira idade participaram na última sexta (12), da atividade "Árvores Maduras do Butantan - Conhecendo as Árvores Mais Antigas do Parque", que fez parte da 4ª edição da Virada da Maturidade do Município de São Paulo. A atividade, que era voltada a pessoas com mais de 60 anos, promoveu uma caminhada guiada pelo parque do Instituto Butantan (que tem 80 hectares), em que os participantes puderam conhecer a história e curiosidades das árvores centenárias. 

A atividade foi organizada pelo projeto Circuito Butantan da Maior Idade e pelo setor de Segurança do Trabalho e Meio Ambiente do Instituto. “Nós buscamos falar das árvores maduras do IB, as que possuem uma importância histórica e ambiental imensurável. Como expliquei durante o evento, o manejo delas é feito com todo o cuidado e valorização, pois elas são testemunhas de toda a trajetória do instituto. Os idosos, assim como as árvores, são ricos de histórias e experiências e devem ser valorizados e respeitados”, afirmou o analista de meio ambiente Renan Rodrigues, que guiou o passeio.

Para Zélia da Conceição, 72, participante há dois anos e meio do Circuito Butantan da Maior Idade, a atividade foi uma experiência que agregou novos conhecimentos. Segundo ela, todas as oficinas oferecidas pelo projeto são assim: ricas em novos aprendizados. “Esta é mais uma atividade que nos proporciona conhecimentos novos. Estou encantada com a história das árvores centenárias do Butantan, quero trazer os meus netos aqui e contar a eles também”, afirma Zélia.

O coordenador do Circuito Butantan da Maior Idade, Horacio Fernandes, também ficou satisfeito com o resultado. “Para nós, participar da Virada da Maturidade é muito importante. Primeiro porque estamos divulgando o projeto Circuito Butantan Maior Idade, segundo, porque também estamos proporcionando mais uma atividade educativa e agradável aos nossos participantes”, disse Horacio.