Butantan recepciona alunos da 39ª turma do PAP

O Instituto Butantan recebeu nesta quinta-feira (1º) os novos alunos ingressantes do Programa de Aprimoramento Profissional (PAP) 2018, que este ano recebeu a certificação de Especialização pelo Conselho Estadual de Educação, da Secretaria de Educação do Estado de São Paulo.

O evento de abertura contou com a presença de representantes do Instituto Adolfo Lutz, Instituto da Saúde e Instituto Pasteur, que, juntamente com o Butantan, são as Unidades Didáticas de Apoio aos Cursos de Especialização do Centro de Formação de Recursos Humanos (CEFOR) para o SUS/SP – “Dr. Antônio Guilherme de Souza”.

Para a edição deste ano, o Butantan ficou responsável por quatro cursos, sendo Toxinas de Interesse em Saúde, Animais de Interesse em Saúde: Biologia Animal, Biotecnologia para a Saúde – Vacinas e Biofármacos e História, Museologia e Divulgação da Ciência e da Saúde. Todos possuem duração de um ano, carga horária correspondendo a 40 horas semanais e bolsa de estudo.

Para a coordenadora do curso "Toxinas de Interesse em Saúde", Sonia Aparecida de Andrade, as aulas visam a formação de recursos humanos com conhecimento amplo das características das toxinas animais, sempre voltada para a saúde pública. “Aqui nosso objetivo é capacitar alunos para que transformem conhecimento em ferramentas”, afirma.

O curso "Animais de Interesse em Saúde: Biologia Animal" proporcionará ao estudante conhecimentos relacionados ao cuidado com as espécies que são fontes e base para o desenvolvimento de pesquisas envolvendo toxinas, venenos e animais peçonhentos, produção de imunobiológicos. “O objetivo desse curso é especializar o aluno por meio do desenvolvimento científico e do aprendizado de boas práticas para criação, manutenção e uso de animais de interesse científico e didático em saúde”, explica Selma Maria de Almeida Santos.

Conforme o Butantan desenvolve e produz imunobiológicos e biofármacos de interesse em saúde pública, o curso Especialização em "Biotecnologia para a Saúde – Vacinas e Biofármacos" abordará aspectos das Políticas Públicas de Saúde e da dinâmica gerada pelas necessidades do mercado. “Para este curso contamos com profissionais especialistas nos assuntos que vamos desenvolver nas disciplinas”, afirma a supervisora, Elizabeth Angélica Leme Martins.

Um dos três pilares do Intituto Butantan é desenvolver atividades voltadas para a memória e a difusão do conhecimento científico e cultural na área da saúde, junto a diversos públicos. Este será o objetivo do curso História, Museologia e Divulgação da Ciência e da Saúde, que contará com o vasto patrimônio e acervo cultural da instituição, de acordo com a coordenadora Adriana Mortara Almeida.

A recepção também contou com uma apresentação da Camerata da Polícia Militar do Estado de São Paulo e no período da tarde os alunos participaram de uma aula inaugural.​