Aluna do Butantan fica em segundo lugar na Mostra Paulista de Ciências

A aluna da Iniciação Científica Júnior do Instituto Butantan Giovanna Tirelli ficou em segundo lugar na Mostra Paulista de Ciências e Engenharia, na categoria Ciências Biológicas.          

A estudante de Ensino Médio conquistou o segundo lugar com o trabalho “Efeitos da Crotoxina sobre alterações musculares induzidas pela esclerose múltipla experimental”. O projeto foi desenvolvido no Laboratório Especial de Dor e Sinalização.

A aluna participou durante um ano do Programa de Iniciação Científica Júnior do Butantan, que visa o desenvolvimento de projetos de educação científica com estudantes do Ensino Médio

Foi muito importante para eu ter noção de como é o dia a dia da profissão. Além disso, estar em contato com algo que é tão importante para gente e que realmente faz diferença na vida das pessoas”, conta a estudante. 

Durante o programa, Giovanna vivenciou na prática o processo de construção do conhecimento científico, despertando assim o gosto pela ciência. A Giovanna teve que enfrentar desafios, resolver problemas, lidar com a frustração da sua hipótese estar errada e teve a satisfação quando o experimento deu certo. Foi muito dedicada”, conta a orientadora Vanessa Zambelli, pesquisadora do Butantan. 

A Mostra Paulista de Ciências e Engenharia (MOP) foi criada para incentivar o espírito investigativo, o empreendedorismo e a criatividade de jovens estudantes. 

A MOP 2017 aconteceu nos dias 25, 26 e 27 de outubro no Catavento Cultural. Promovida pela Escola Politécnica da Universidade de São Paulo, por meio do Laboratório de Sistemas Integráveis (LSI), a MOP tem como principal objetivo divulgar projetos investigativos conduzidos por estudantes da Educação Básica e Técnica do Estado de São Paulo.​