A primeira comissão de ética para uso de animais em pesquisa no Instituto Butantan foi composta em 1995. Posteriormente, para regulamentar sua atuação, um estatuto foi criado e publicado em Diário Oficial (28/02/2000). Em 2008 foi sancionada a lei 11794 que regulamenta o uso de animais em pesquisa no Brasil (a chamada Lei Arouca), publicada no Diário Oficial da União em 9/10/2008. Esta lei também criou o Conselho Nacional de Controle de Experimentação Animal (CONCEA), que coordena os procedimentos de uso de animais vertebrados, exceto o homem, em ensino e pesquisa científica. Em 2011, a Portaria TBD-9 do Instituto Butantan, de 17 de junho de 2011, reformulou as atribuições e atividades da Comissão de Ética no Uso de Animal do Instituto Butantan (CEUAIB).

Desde a sua criação, esta comissão desempenha um papel importante na Instituição, cumprindo e fazendo cumprir, no âmbito de suas atribuições, o disposto na Lei 11.794, e nas demais normas aplicáveis à utilização de animais para ensino e pesquisa. Assim, a CEUAIB vem regulamentando os ensaios experimentais que utilizam animais.