programas – programa de aprimoramento profissional​

 

 Editor de Conteúdo ‭[1]‬

 

1 - Especialização em Toxinas de Interesse em Saúde

Supervisor Titular – Sonia Aparecida de Andrade

Duração do Programa - 1 ano

Reconhecido como Especialização pelo Parecer 382/2017 do CEE da SEE de SP[AMA2] 

O Instituto Butantan é uma instituição que desenvolve pesquisa envolvendo toxinas, venenos e animais peçonhentos, produção de imunobiológicos, que hoje incluem, além dos antivenenos utilizados no tratamento dos acidentes por animais peçonhentos, vacinas virais e bacterianas, e divulgação científica visando a popularização dos conhecimentos produzidos na área da saúde. Atrelada a essa missão o Instituto Butantan busca a excelência mundial na pesquisa, desenvolvimento, divulgação, formação e produção de insumos e serviços para a saúde pública. Nesse contexto, a formação de recursos humanos para atuar nessas diversas áreas da saúde requer o conhecimento detalhado sobre a bioprospecção de toxinas, seus mecanismos de ação e suas aplicabilidades, que nessa Instituição centenária, participam contribuindo no desenvolvimento científico, bem como na produção de imunobiológicos.

O objetivo geral desse curso é capacitar profissionais com conhecimento aplicado em toxinas para atuar nas áreas da saúde. Qualificar profissionais no entendimento dos efeitos e mecanismos da ação de toxinas nos diferentes sistemas biológicos e suas aplicabilidades e para atuação diferenciada na área da saúde, estimulando a visão integrada envolvendo ética, políticas públicas do SUS, inovação, bioprospecção, ciência e saúde.

O curso inclui linhas de pesquisas desenvolvidas por um corpo de orientadores ligados a variados laboratórios. Todas as pesquisas são relacionadas com algum aspecto relativo a toxinas de interesse em saúde, versando principalmente sobre animais peçonhentos, ações de suas toxinas, epidemiologia e tratamento de envenenamentos causados por animais peçonhentos, além de bioprospecção de novos fármacos usando toxinas como ferramentas.

 2-  Especialização em Animais de Interesse em Saúde: Biologia Animal

Supervisor Titular – Vania Gomes de Moura Mattaraia

Duração do Programa - 1 ano

Reconhecido como Especialização pelo Parecer 382/2017 do CEE da SEE de SP[AMA3] 

O Instituto Butantan é uma instituição que desenvolve pesquisa envolvendo toxinas, venenos e animais peçonhentos, produção de imunobiológicos, que hoje incluem, além dos antivenenos utilizados no tratamento dos acidentes por animais peçonhentos, vacinas virais e bacterianas, e divulgação científica visando a popularização dos conhecimentos produzidos na área da saúde. Atrelada a essa missão o Instituto Butantan busca a excelência mundial na pesquisa, desenvolvimento, divulgação, formação e produção de insumos e serviços para a saúde pública. Nesse contexto, a formação de recursos humanos para atuar nessas diversas áreas da saúde requer o conhecimento detalhado sobre a biologia, ambiência, bem-estar e características específicas dos animais, que nessa Instituição centenária, participam contribuindo no desenvolvimento científico, bem como na produção de imunobiológicos e na alimentação de outras espécies, mantidas nos nossos museus.

O objetivo geral desse curso é especializar o aluno por meio do desenvolvimento científico e do aprendizado de boas práticas para criação, manutenção e uso de animais de interesse científico e didático em saúde.

O curso inclui linhas de pesquisas desenvolvidas por um corpo de orientadores ligados a variados laboratórios. Todas as pesquisas são relacionadas com algum aspecto da biologia de animais de interesse em saúde, versando principalmente sobre artrópodes, serpentes, roedores, lagomorfos, cavalos e anfíbios, e abrangendo as áreas de história natural e ecologia, taxonomia e sistemática, manejo e manutenção de animais em cativeiro, morfologia, bioquímica e ação biológica de venenos, genética e biologia molecular.

O curso proporciona ao aluno normas de boas práticas de produção (GMP) e normas internas de funcionamento dos Biotérios de roedores, serpentes e artrópodes. História natural, biologia e manejo das diferentes espécies criadas nestes biotérios (roedores, lagomorphas, invertebrados e serpentes). Conhecimento das principais enfermidades que acometem estas espécies em cativeiro, dando ênfase àimportância do manejo profilático. Manejo reprodutivo. Normas de biossegurança. Processos de controle ambiental e de lavagem, desinfecção e esterilização. Controle sanitário e genético. Manipulação de soluções. Coleta de fluídos e inoculação. Anestesia, analgesia e cuidados pré e pós-cirúrgico. Eutanásia, descarte e ética animal.

Aborda também, o acompanhamento das imunizações dos cavalos, seleção dos animais soroprodutores, sangria de produção. Manejo nutricional, sanitário: vacinações, vermifugações dos animais. Bem-estar animal e bioética.

3- Especialização em Biotecnologia para a Saúde – Vacinas e Biofármacos

Supervisor Titular – Elizabeth Angélica Leme Martins

Duração do Programa - 1 ano

Reconhecido como Especialização pelo Parecer 382/2017 do CEE da SEE de SP[AMA4] 

Serão abordados aspectos das Politicas Públicas de Saúde e da dinâmica gerada pelas necessidades do mercado coadunadas com a participação do Instituto Butantan em atender estas demandas. O Butantan desenvolve e produz novos imunobiológicos e biofármacos de interesse em saúde pública, além de gerar conhecimento através de pesquisas científicas, divulgação e estimulo ao conhecimento científico, formando recursos humanos em todas as suas atividades. Neste contexto o Instituto Butantan tem um ambiente favorável para o desenvolvimento da Ciência e Biotecnologia, gerando inovação tecnológica.

Dentre os projetos desenvolvidos no Instituto Butantan estão os de melhoramento de vacinas já existentes, os de prospecção de novas vacinas e candidatos vacinais para a solução de problemas importantes emergentes e reemergentes, o desenvolvimento de processos para obtenção de biofármacos como novos soros específicos, anticorpos especiais, hemoderivados e produção de “kits” para diagnósticos.

O programa inclui Bases Científicas do Desenvolvimento de Vacinas e BiofármacosBiotecnologia: da Pesquisa à Produção, Bioprocessos e Técnicas Associadas, Testes em Animais de Laboratório, Controle de Qualidade e Métodos Analíticos, Produção de Vacinas e Biofármacos, Boas Práticas de Laboratório e de Fabricação - Garantia de Qualidade, Gestão Ambiental/Residuos e Biossegurança.

O Programa tem como objetivo a formação de recursos humanos para atuar na área da saúde, compreendendo os processos de pesquisa, desenvolvimento e produção de imunobiológicos e biofármacos, bem como na divulgação dos resultados da aplicação destes produtos na saúde das populações.

 4- Especialização em História, Museologia e Divulgação da Ciência e da Saúde

Supervisor Titular – Adriana Mortara Almeida

Duração do Programa - 1 ano

Reconhecido como Especialização pelo Parecer 382/2017 do CEE da SEE de SP[AMA5] 

Desde sua criação, há mais de 115 anos, o Instituto Butantan tem se consolidado como uma instituição de vocação mista que desenvolve pesquisa envolvendo toxinas, venenos e animais peçonhentos, produção de imunobiológicos que hoje incluem, além dos antivenenos utilizados no tratamento dos acidentes por animais peçonhentos, vacinas virais e bacterianas, e divulgação científica visando a popularização dos conhecimentos produzidos na área da saúde. Esta tripla missão tem tido papel decisivo em sua perenidade e qualidade, fazendo com que a história do Instituto esteja fortemente ligada à própria história da saúde pública em São Paulo e no país, revelando também um importante papel do Instituto na pesquisa, preservação e extroversão desse patrimônio histórico. Diversos espaços de divulgação científica atuam em consonância: Museu Biológico, Museu Histórico, Museu de Microbiologia, Museu de Saúde Pública Emílio Ribas, Núcleo de Difusão do Conhecimento, Biblioteca, Núcleo de Documentação e Laboratório Especial de História da Ciência, tendo como objetos comuns a história, a comunicação entre o mundo das ciências e o público não especializado e a percepção que se tratam de espaços de ciência voltados para melhoria da saúde pública.

A formação de recursos humanos nesta área é de crucial importância para suprir a demanda de profissionais capazes de propiciar sensibilização, reflexões, motivação e enlace comunicacional entre história, divulgação científica e educação em saúde, cuja especificidade de ações e linhas de atuação não encontra paralelo em outras instituições de saúde do Estado de São Paulo.

A formação para atuação no campo do patrimônio histórico e ambiental em espaços dedicados à saúde pública e às ciências, como o Butantan, contribui para a compreensão, preservação e valorização dos acervos documentais, museológicos, arquitetônicos, bibliográficos e biológicos dessa área. A articulação desses patrimônios com a formação em educação não formal e em divulgação científica propicia a produção de novos conhecimentos e a sua disseminação a um público amplo. O conhecimento mais aprofundado das trajetórias institucionais, biográficas, programas e produtos da área que resultam em um rico patrimônio relacionado à saúde pública e também, o conhecimento do seu público potencial e efetivo, contribui para melhorar a comunicação dessas áreas com a sociedade.

O Programa, portanto, objetiva capacitar novos profissionais para atuar nos campos relacionados à história, educação não formal e divulgação científica em ciências e saúde, visando o estabelecimento de novas relações entre espaços de produção científica e a população para a qual essa produção é direcionada.​

 

 Editor de Conteúdo ‭[2]‬