História da Ciência​

 

 Editor de Conteúdo ‭[1]‬

 
Laboratório Especial de História da Ciência (LEHC)

coordenador
Nelson Ibañez – nelson.ibanez@butantan.gov.br

equipe

Cristiano Correa de Azevedo Marques
cristiano.marques@butantan.gov.br

Olga Sofia Faberge
olga.alves@butantan.gov.br

Mario Gustavo Mayer
mario.mayer@butantan.gov.br

Paulo Henrique Nico Monteiro
paulo.monteiro@butantan.gov.br

Sabrina Acosta
sabrina.acosta@butantan.gov.br

Sergio De Simone
sergio.simone@butantan.gov.br

Ivone Kazuko Yamaguchi
ivone.yamaguchi@butantan.gov.br 


colaboradores

Cátia Alves de Senne
catia.senne@gmail.com

Douglas Cristiano Afonso da Silva
mairrazzo@hotmail.com

Fan Hui Wen
fan.hui@butantan.gov.br

Josiane Roza de Oliveira
jorozadeoliveira@gmail.com

Maria Cristina da Costa Marques
mcmarques@uol.com.br

Mitie Tada L. Brazil
mtada1978@gmail.com

Nelson Rudiger
nelson.rudiger@butantan.gov.br

Suzana Cesar Gouveia Fernandes
suzana.fernandes@butantan.gov.br


contato

Laboratório de História da Ciência, Instituto Butantan.

unidade 1:
Casa 56, Vila Instituto Butantan, Butantã, São Paulo.
+55 11 2627-6980, lhciencia.ib@butantan.gov.br
Maria Lidia da Costa Veloso
maria.veloso@butantan.gov.br

unidade 2:
Rua Tenente Pena, 100, Bom Retiro, São Paulo
+ 55 11 3723-6960, lhciencia.ib@butantan.gov.br
Secretária: Ivani Aparecida de Moura Machado
ivani.machado@butantan.gov.br

Cadernos de História da Ciência
chciencia@butantan.gov.br


Objetivo geral da unidade
O Laboratório de História da Ciência (LHC) foi criado em 2002. Fruto da iniciativa de pesquisadores do Instituto Butantan das mais diversificadas áreas, o Laboratório surgiu com intuito de preservar a memória institucional por meio de depoimentos de antigos funcionários e catalogação de documentos. Aos poucos, o Laboratório foi sendo organizado e passou a contar com equipe própria.


Respaldada desde o Decreto 33.116 de 1991, a pesquisa em História da Ciência só se efetivou sistematicamente com a criação do Laboratório Especial de História da Ciência, em 2004. Suas atribuições iniciais foram o desenvolvimento de pesquisas na área de História da Ciência relacionadas ao Instituto Butantan, visando abranger os temas relativos ao desenvolvimento científico e tecnológico, à inserção social e à saúde pública brasileira; o estabelecimento de  cooperações formais com instituições universitárias e afins, visando a ampliação do campo de pesquisa no Instituto Butantan; o auxílio, por meio do desenvolvimento de projetos de pesquisa na área, a organização e ampliação do acervo documental do Instituto Butantan; a organização e participação de atividades relacionadas à educação continuada e à capacitação multiprofissional na área de História da Ciência; e a organização, por meio de publicações específicas da área, da difusão de pesquisas realizadas de interesse para o desenvolvimento do Instituto Butantan.

Diretório de pesquisa no CNPq: História das instituições da saúde pública
O grupo desenvolve pesquisas na área de História das Ciências e da Saúde, com maior enfoque no estado de São Paulo, e tem, entre seus principais objetivos, abranger os temas relativos ao desenvolvimento científico e tecnológico, às práticas, à formação e à inserção no mercado de trabalho de profissionais de saúde e modelos institucionais inseridos nas políticas públicas de saúde no Brasil. O grupo estabelece cooperações com o departamento de História da USP, Arquivo do Estado de São Paulo, Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de SP (Medicina Social), entre outras; contribui para a organização e ampliação do acervo documental através do Núcleo de Documentação do Instituto Butantan; e organiza eventos e cursos de extensão voltados à temática e divulgação científica, mantendo a edição da revista “Cadernos de História da Ciência”.

Análise histórico-institucional do Instituto Butantan 
Esta linha de pesquisa visa caracterizar, por meio de fontes primárias e secundárias, o desempenho do Instituto Butantan enquanto produtor de imunobiológicos, de pesquisa básica e aplicada e de difusão cultural e científica, a partir do estudo e análise dos fatores intervenientes no seu evolver histórico. Do ponto de vista metodológico são identificados os projetos institucionais em cada período, definidos pelo perfil dos atores e formas de atuação, bem como as estratégias, coalizões internas e externas.

projetos em andamento
– Cientistas institucionais: concepções de ciência e tecnologia no Instituto Butantan
– Memória e história do Instituto Butantan 1944-75
– História Social dos trabalhadores do Instituto Butantan

projetos encerrados
– Saúde, Desenvolvimento, Inovação Tecnológica e Cooperação Regional (Fapesp).
– Espaço e memória iconográfica do Instituto Butantan.

Ciência, saúde e sociedade
Esta linha desenvolve estudos das relações históricas construídas entre o perfil das doenças, o conhecimento científico das disciplinas e práticas da saúde, formação e atuação dos profissionais e trabalhadores envolvidos e seus condicionantes e suas repercussões na sociedade.

projetos em andamento
– Análise da Produção das Ciências Sociais em Saúde: um estudo sobre os Congressos Brasileiros de Ciências Sociais e Humanas em Saúde. Período 1990-2007.

projetos encerrados
– O pacto pela saúde e a gestão regional em São Paulo: fatores intervenientes e a reorientação da política de saúde da SES de SP.
– História da saúde de Belterra, Pará – Subprograma Ações na Amazônia – INCTtox.
– Determinantes socioculturais e históricos das práticas tradicionais de prevenção e cura dos acidentes por animais venenosos – INCTtox .

Últimas publicações
Viana, Ana Luiza d Ávila; Ibañez, Nelson; Bousquat, Aylene. (Org.). Saúde, desenvolvimento, ciência, tecnologia e inovação. São Paulo: Hucitec-Cealag, 2012.
Mott, Maria Lucia; Sanglard, Gisele. (Org.). História da Saúde em São Paulo: Instituições e Patrimônio Arquitetônico (1808-1958). Barueri: Manole, 2011.

cursos de extensão
História das práticas sanitárias 

Ciência, Tecnologia, Inovação e Desenvolvimento: O papel das instituições de pesquisa e o sistema de saúde brasileiro

Mais informações:
cursos@butantan.gov.br


 

 Editor de Conteúdo ‭[2]‬

 
Cadernos de História da Ciência

Idealizada em 2004 pela equipe do Laboratório Especial de História da Ciência, a revista Cadernos de História da Ciência surgiu com o propósito de ser um veículo de reflexão e divulgação dos trabalhos de pesquisa na área de história da ciência e saúde pública. Seu primeiro número foi publicado em 2005, decorrente do Seminário História e Memória Institucional organizado internamente. A partir de 2006 a revista se tornou uma publicação semestral, firmando-se como importante veículo de divulgação em pesquisas em História das Ciências e da Saúde. Todas as publicações contaram com colaboradores de todas as regiões do Brasil e internacionais. 

A coleção encontra-se disponível no Portal de Revistas da Secretaria de Estado da Saúde e no site do Instituto Butantan.

Até o momento, foram produzidos aproximadamente 15 mil exemplares de 15 edições da revista.